5 Alimentos Rico em Vitamina A

Cientificamente, as vitaminas são substâncias importantes para o corpo humano e que não podem ser produzidas por ele.

Dentre outros componentes fundamentais para o nosso corpo, as vitaminas são aditivos que auxiliam na produção de energia no organismo humano e quando obtidas, ajudam a manter a saúde equilibrada. Dentre as várias vitaminas existentes, destacamos aqui a vitamina A, importante aliada para o nosso corpo.

Qual a importância da vitamina A para o organismo?

Segundo estudos, a vitamina A, também conhecida como Caroteno ou Retinol, se encontra no grupo das lipossolúveis, ou seja, podem ser mantidas durante algumas semanas pelo fígado. Pode ser observada no corpo humano de 3 formas:

  • o retinol,
  • o ácido retinóico
  • o ácido retonaldeído.

Dentre as principais funções que exerce no corpo humano, pode-se destacar o importante papel na saúde dos olhos, pois ajuda a nutrir o globo ocular. O retinol, forma oxidada da vitamina A, auxilia bastante na saúde ocular. Além disso, auxilia no aspecto dermatológico, uma vez que previne o envelhecimento precoce da pele e mucosas.

É importante lembrar que a deficiência de vitamina A pode acarretar em doenças, principalmente as oculares, como a xeroftalmia, também chamada de olho seco ou ceratoconjuntivite seca, que acomete principalmente crianças e idosos.

Essa doença faz alterações no filtro lacrimal dos olhos, fazendo com que a sensação de sequidão seja contínua e em alguns casos podem surgir manchas brancas na esclerótica.

Um dos primeiros sinais de que o corpo está deficiente de vitamina A é a cegueira noturna, ou seja, a dificuldade que se tem de enxergar em ambientes mais escuros.

Outros sintomas podem vir a aparecer também, como alterações na pele, o comprometimento no processo de cicatrização, a perda da sensibilidade em detectar sabores dos alimentos e o agravo dos problemas de visão.

Com todas essas informações, é possível compreender que a vitamina A é crucial para manter a saúde do corpo saudável, principalmente a pele, os olhos e mucosas.

Quais são os alimentos ricos em vitamina A?

Dentre os principais alimentos com vitamina A, podemos destacar:

  • Óleo de Avestruz: os já consagrados óleos de coco e de peixe ganharam um terceiro óleo que ajuda a prevenir problemas de saúde. O avestruz, segundo estudos, é um animal que apresenta grande resistência imunológica. Por conseguinte, apresenta em seu óleo componentes que auxiliam no nosso sistema imunológico. Não bastando isso, é rico em vitamina A, sendo um importante agente quando se trata de regeneração do nosso organismo. Além disso, auxilia no tratamento de doenças dermatológicas, como eczema, dermatite e psoríase. O óleo pode ser dissolvido em líquidos ou adicionado na comida;
  • Fígado: esse alimento pode não ser agradável a todos os paladares, mas é grande fonte de vitamina A. O ideal é que o fígado bovino seja consumido cozido ou assado, para que não tenha a necessidade de adicionar gordura na receita;
  • Ovos: o ovo é um dos alimentos mais utilizados na culinária brasileira e também um dos alimentos que contém quantidade significativa da vitamina. Assim como o fígado bovino, é ideal que os ovos consumidos sejam cozidos, ou que sejam feitas omeletes, formas mais saudáveis de fazer consumo;
  • Cenoura: assim como as hortaliças, é preferível que seja consumida crua ou que seja feito o cozimento a vapor. O betacaroteno está presente em sua composição e, por isso, se converte em vitamina A quando está no nosso organismo;
  • Mamão: a vitamina A pode ser também encontrada nas frutas. Contém grande quantidade de betacaroteno, e pode ser consumido entre as refeições principais, em pedaços médios;
  • Tomate: mesmo um tomate pequeno já contém quantidade significativa de vitamina A, pode ser consumido em pratos quentes, como salada ou simplesmente como um fruto. É tido como uma boa complementação alimentar;
  • Folhas verdes: as folhas verdes já são bastantes conhecidas por serem grandes fontes de vitaminas e nutrientes para o nosso corpo. Grandes fontes de fibras, apresentam também grande quantidade de vitamina A. Dentre as principais folhagens, destacam-se o agrião, que contém betacaroteno que se converte em vitamina A; a couve, hortaliça já bastante utilizada na forma de saladas; e o espinafre, que além de ser rica em vitamina A, é também fonte de ferro. É preferível que essas hortaliças sejam consumidas cruas, contudo, se optar por colocá-las ao fogo, prefira realizar o cozimento a vapor;
  • Batata doce: por conter baixa quantidade de calorias, essa raiz já é tida como uma grande aliada daqueles que desejam emagrecer de forma saudável. Nela, existe quantidade considerável de potássio e de vitamina A. O ideal é que seja consumida sem sal e com casca, ou então podem ser feitos purês.

Além desses alimentos, a vitamina A pode ser encontrada em menores quantidades, como na nata, na manteiga, leite integral, nos queijos e peixes. Na forma de carotenos, podemos encontrar na abobrinha, manga, melão, pimentão verde, nas carnes magras e nos brócolis.

Com que frequência deve consumir vitamina A?

Como vimos anteriormente, a vitamina A pode ser armazenada no fígado. Em alguns lugares, quantidades maiores dessa vitamina são dadas para crianças que possuem deficiência da mesa. Com isso, a vitamina armazenada é liberada conforme as necessidades do corpo da criança.

O problema se encontra quando grandes quantidades são ingeridas durante longo tempo, a um ponto que excede a capacidade do fígado e então a vitamina passa para o sangue.

Os efeitos podem ser adversos, desde vômitos, irritação na pele, dores articulares e de cabeça até aumento do tamanho do baço e do fígado e sangramentos.

A suplementação dessa vitamina pode ser feita, com o cuidado de averiguar a quantidade máxima que pode ser ingerida diariamente, sendo uma quantidade específica para cada idade.

O ideal é que seja feita uma dieta balanceada para o consumo não só de vitamina A, mas de todas as outras, com ou sem o uso de suplementação. Todas elas garantem o bom funcionamento do corpo.

Por fim, é importante dar preferência aos alimentos frescos e produzidos de forma natural, pois os alimentos processados nem sempre são tão saudáveis assim.

Continue acompanhando nossos conteúdos e saiba muito mais informações sobre as vitaminas importantes para nosso organismo.

Sobre o Autor